0
Items : 0
Subtotal : R$0,00
Ver CarrinhoTotal
0
Items : 0
Subtotal : R$0,00
Ver CarrinhoTotal

Por que #beGolden? Amor, confiança isso é um dos adjetivos que vimos em nossos fãs

Assim que vivenciei o primeiro contato com videogame tive a certeza que era exatamente esse o hobby que levaria para minha vida. Acredito que assim aconteceu com todos os “Gamers” amadores, pois já tiveram sonhos relacionados a e-sports, ao mesmo tempo que na época de minha adolescência era complicado ver essa modalidade, que tanto amamos, tomar forma profissional com Cyber Atletas. Isso era algo almejado em todos os cantos do mundo. Lembro muito bem, que por volta dos meus 12 anos, a maioria dos meus amigos e colegas saia pra jogar bola, andar de skates ou fazer qualquer outra coisa; mas eu me propunha a zerar DK no SNES, cada vez com tempo melhor, bater recordes de revistas etc…

O Tempo passou e meu amor por games só aumentou. Tudo aquilo que nós  almejávamos na época – ter o esporte reconhecido, todos falarem com emoção sobre ele – está se concretizando. A emoção de 1×1 jamais será substituída por um gol no Futebol (pelo menos pra mim).

Como o mundo não era feito somente de games, tive que me virar, estudar, trabalhar, me formar,  concluir uma pós e blablabla; mas sempre com olho nesse mercado.

Foi nesse momento em que a Team One surgiu com o meu conhecimento através de  Alexandre Kakavel. A T1 chegou pra mim como um susto em forma de emoção e energia, quando o Alexandre me apresentou a ideia de montar uma equipe de e-sports que, me lembro bem,  era um tambor de revolver, o que limitava para outras modalidades. Foi nesse momento que senti a vibração e convicção em acreditar em algo pelo qual nunca deixei de sonhar. Desde então começou uma paixão por um time de e-sports, assim como muitos a tem por algum Time de Futebol. Esse sentimento ocorre na alma.

Voltando…

Be Golden – essa frase é marcante por “n” fatores que levaram a T1 chegar ao nível que ela está hoje.

Outro momento muito marcante para T1 foi quando conquistou seu título CBLOL 2017.

Equipe brasileira iniciando nos splits de algumas modalidades que aos poucos conseguiu seu espaço nacional na categoria de Counter Strike, quando menos esperávamos. SIM! NÓS ganhamos um MD3 contra a Cloud9, e isso mostrou que com a garra e determinação de um sonho em forma homogênea, esse sonho  torna-se realidade.

Cada Kill uma vibração, cada Death um suspiro – isso é E-sports!

Ser fã é ter o compromisso de zelar por alguma pessoa, entidade ou marca. A Team One é uma família dourada, sem dúvida!

. Foi através dessa conquista, alcançada  por uma dedicação sem igual, que muitos torcedores e amantes desse esporte perceberam  a seriedade, a competência e o comprometimento de toda a equipe da Team One.

By: oNe NoKeKo

1 Response

Deixe seu comentário